Cuidados, Dicas e Notícias
Mais atenção aos pets nesse Inverno (22/06/2017)

É comum durante o inverno adotarmos uma postura mais vigilante em relação a algumas atitudes que podem ocasionar doenças mais frequentes na estação com as temperaturas mais baixas do ano. Da mesma forma deve-se proceder com os pets, que também são mais vulneráveis a certos tipos de patologias nessa época do ano, como as gripes.

Uma recomendação simples, mas que pode fazer toda a diferença nessa questão preventiva, é evitar o exagero no número de banhos. Quando eles ocorrerem, deve-se usar sempre água morna e escolher os horários mais quentes do dia. Outra importante medida é evitar locais onde o pet fique exposto ao frio, vento e umidade.

Além disso, a suplementação com vitamina C desempenha um importante papel também nessa questão. Esse nutriente tem diversas funções no metabolismo, atuando como coenzima e cofator em várias reações biológicas.

Junto com a vitamina E, a vitamina C também age como antioxidante, neutralizando os radicais livres. O uso correto de vitamina C traz muitos benefícios tanto para cães e gatos, quanto para outras espécies de animais domésticos, principalmente no período do ano em que as temperaturas ambientais estão mais baixas.

CÃES COM SINTOMAS DE GRIPE

A principal dificuldade na detecção da gripe canina é que os sintomas podem não alterar o comportamento do animal. Por isso é fundamental que os donos estejam atentos e, se o animal apresentar sinais de gripe, deve-se procurar a orientação de um médico veterinário.

Apesar de haver variação nos sinais clínicos em todos os tipos de doenças, os sintomas mais evidentes de um cão ou gato gripado são a tosse e o espirro, que podem persistir na falta de tratamento. Os animais ainda podem ter secreções nasais, febre e falta de apetite, sintomas que podem evoluir para uma pneumonia ou bronquite, se não tratados.

Fonte: queroumdocelar
Assine nossa Newsletter
Mapa do Site