Cuidados, Dicas e Notícias
Precisa alugar um imóvel mas tem um pet? Saiba as restrições! (04/04/2019)

Quem procura um imóvel para alugar com pet já deve ter se deparado com alguma restrição quando se trata de possuir animais. Mas até que ponto essas restrições por parte do proprietário ou condomínio são legais? Saiba quais são seus direitos e deveres, como lidar com eles para encontrar um novo lar para você e seus amiguinhos sem ter dor de cabeça na hora de assinar o contrato!

Dentro de condomínios

Apesar de existir muitos condomínios que proíbem a presença de animais, essa prática é absolutamente ilegal. Mesmo como inquilino, caso você esteja alugando um apartamento que não seja seu é abusiva a prática de proibir que leve seu pet com você.

Claro que existe um dever da boa vizinhança, que respeita o seu espaço desde que você respeite os outros. Isso quer dizer que caso seu cachorro latir muito alto o dia ou noite inteira, morder ou tentar atacar alguém dentro do espaço do condomínio, ou incomodar de alguma forma os outros condôminos, é provável que alguma reclamação e até um pedido de expulsão possa ser realizado.

Por outro lado, é autorizado que o condomínio possa limitar áreas restritas à presença de pets, como a piscina ou o elevador social.

Direto com o proprietário

Se o condomínio não é o problema para você, o obstáculo do proprietário pode ser ainda maior. Por pior que possa parecer, é direito do proprietário não aceitar pets em seu imóvel. Muitos pensam que os animais podem trazer grandes danos e dor de cabeça ao lugar, e por isso, restringem o aluguel mediante aos animais. E essa proibição poderá estar acordada no contrato, o que poderia invalidá-lo em caso de rompimento.

Por isso, caso você encontre o lugar perfeito junto com resistência em aceitar animais, a melhor forma de resolver esse problema é com a comunicação! Tente demonstrar para o proprietário que você e seus bichinhos serão os melhores inquilinos! Responsabilize-se pelo imóvel, demonstre que não vai deixar que nenhum dano seja causado pelos seus animais.

Mesmo que a solução pareça fácil, é possível que alguns proprietários resistam à essa investida. Às vezes, nem por vontade própria, mas por conta da vizinhança, para evitar problemas com odores, barulhos, e outras possíveis dores de cabeça que pode encontrar.

Cuidados importantes

Caso encontre resistências, recomendamos que não esconda essa informação na hora do aluguel. É difícil esconder seus pets por muito tempo, podendo causar problemas futuros e até ações legais perante à lei. A comunicação é o melhor método na hora de buscar uma solução que seja proveitosa à ambas as partes.

Fonte: r7.com.br
Assine nossa Newsletter
Mapa do Site